A GROB nos EUA: Perspectivas de futuro brilhantes : GROB-WERKE GmbH & Co. KG
Nos últimos três anos, a GROB Systems lançou um programa de investimento verdadeiramente notável: Mais trinta por cento de área de produção e novas máquinas com um volume de investimento total de mais de US$ 15 milhões, com um aumento de rendimento de 40 milhões para US$ 150 milhões em pouco mais de três anos. Estes são os números de sucesso da GROB Systems em Bluffton/Ohio. E as expectativas são cada vez maiores.

Quem se envolveu no setor de construção de máquinas nos EUA, precisou de nervos de aço e de uma boa capacidade de resistência, especialmente nos últimos anos. Nos últimos dez anos as variações foram muito fortes. Primeiro, a difícil ascensão das últimas décadas, seguida da enorme queda do mercado devido a crise financeira no final de 2008 e, por fim, o longo período de vacas magras com a crise dos "Big Three" (os três grandes).  Um período no qual, durante muito tempo, não se tinha a certeza de como e se a indústria automobilística norte-americana iria subsistir. Mas também foi um período, no qual a GROB Systems estabeleceu medidas decisivas americana de expansão. Semelhante ao procedimento em Mindelheim, a GROB norte- sofreu uma reorganização com um programa de investimento único na sua história.

 

Programa de investimento histórico
Ainda no início de 2010, a GROB, acreditando em uma recuperação a longo prazo da indústria automobilística norte-americana, tinha tomado a decisão de efetuar investimentos em larga escala na fábrica de Bluffton, e na primavera de 2011 o seu primeiro aumento do pavilhão de 750 m² pôde ser posto em funcionamento. Uma ampliação que era urgentemente necessária para fazer face à entrada de pedidos que, entretanto, voltou a aumentar. Na primavera do último ano, foi iniciada a nova construção e ampliação do pavilhão de montagem, o qual deverá estar concluído até o final de fevereiro de 2013. Então estarão disponíveis mais de 32.200 m² na fábrica de Bluffton. Um programa de investimento notável, mas bem pensado.

 

"Ainda em meados dos anos 90 esperávamos um grande surto de investimento nos EUA", esclarece Ralf Bronnenmeier, diretor (CEO) da GROB Systems, sobre a anterior situação da indústria de construção de máquinas norte-americana. "Enfim foram montados, por exemplo, os econômicos motores de 4 cilindros do ano de 2011/2012, em grande parte, em linhas de produção, as quais já tinham sido instaladas no início dos anos 90. Além disso, durante muito tempo, a indústria automobilística norte-americana investiu pouco na sua tecnologia de motores, tendo sido rapidamente ultrapassada pelos japoneses e europeus no seu próprio país. Já sabíamos há muitos anos que os norte-americanos possuíam uma grande necessidade de recuperação de investimentos, e o atual número de pedidos confirma que tínhamos razão". 

 

Bluffton se beneficia de Mindelheim
Com efeito, a Ford e, em especial, a GM efetuaram grandes esforços de investimento nos últimos dois anos. Além disso, a situação difícil da GM fez com que mudassem a sua forma de pensar: A economia energética e a redução do consumo estão agora no topo da lista. "Em vez de expandirmos as nossas capacidades para podermos cumprir o aumento das exigências por parte dos nossos clientes, tornamos as nossas capacidades mais eficientes", esclarece Bronnenmeier sobre a estratégia característica da GROB. "Aqui mesmo em Bluffton podemos implementar com sucesso as medidas desenvolvidas na fábrica de Mindelheim para aumentar a eficácia na produção". Assim, por exemplo, - da mesma forma que em Mindelheim - foi instalado um sistema elétrico de bus por baixo da ponte rolante. Isto permite fornecer uma corrente de 1600 A por corda às máquinas a construir. A ausência de cabeamento caótico, uma melhor organização e limpeza reduziram o perigo de tropeçar ou de acidentes.

Outras medidas de Mindelheim para a economia energética foram adaptadas e implementadas. Estas incluem as lâmpadas de baixo consumo energético, tanto exteriores como interiores, um melhor isolamento térmico e um sistema de aquecimento moderno com um elevado grau de eficiência. A iluminação anterior do pavilhão, na antiga seção do pavilhão, também foi substituída por lâmpadas de baixo consumo energético. Todas estas medidas não só levam a uma economia energética substancial, mas também melhoram consideravelmente a qualidade da iluminação no local de trabalho.

 

Estratégia a longo prazo
Em 2012 foi investido principalmente em ampliações e novas construções, para este ano estão planejados investimentos principalmente em novas máquinas. Investimentos que, em grande medida, asseguram a qualidade e os requisitos de produtividade da GROB. Investimentos que demonstram que, nas FÁBRICAS GROB, tudo está direcionado para estratégias a longo prazo e que os lucros serão sempre reinvestidos. Por isso, o procedimento característico da GROB de uma orientação a longo prazo também é aplicado à GROB Systems.