Fábrica em Dalian, na China, ampliada 6.700 m² : GROB-WERKE GmbH & Co. KG
Após a conclusão da segunda ampliação fabril no espaço de sete anos, a totalidade das áreas produtiva e logística da fábrica GROB chinesa cresceu 32.400 m². A área adicionalmente gerada será disponibilizada em primeira linha para a pré-montagem e montagem final.

A fábrica GROB em Dalian não perdeu nenhuma da sua dinâmica. Assim, somente dois anos após a sua fundação, em 2012, concluiu com sucesso a primeira ampliação, aumentando a fábrica de 12.000 m² para 27.000 m². O objetivo era aumentar em 70 por cento o setor de acabamento, fazer a área logística crescer 2,5 vezes, duplicar a pré-montagem e quase triplicar o setor da montagem final. Investimentos que contribuíram para assegurar o planejamento a três anos em vigor à época.

 

Segunda fase de expansão para assegurar grandes encomendas

 

Quatro anos após a primeira fase de ampliação, a GROB voltou a investir na sua fábrica chinesa e aumentou novamente as áreas produtiva e logística para elevar a flexibilidade produtiva. A conclusão aconteceu, como planeado, precisamente um ano após o início da obra em maio de 2019. A ampliação sob a forma de anexo de 6700 m² foi realizada de forma multifuncional, para que na nova área produtiva todos os produtos GROB possam ser montados. Agora, à imagem de Mindelheim e correspondendo aos desejos dos nossos clientes chineses, projetos que incluam automações, portais lineares e sistemas de transporte podem ser diretamente construídos na fábrica e avaliados preliminarmente segundo as conveniências dos clientes. Uma decisão importante, para que grandes encomendas como por ex. da SAIC-GM, VW, BBAC ou BBA possam ser realizadas em paralelo com as dos nossos clientes GA350 e GA550.

 

Gama de produtos ampliada para assegurar posição de mercado

 

A segunda fase de expansão abre ainda a possibilidade de ampliar a gama de produtos e aumentar a flexibilidade. O planejamento para a fábrica de Dalian é aumentar a gama de produtos e de produção progressivamente nas linhas de montagem e, no médio prazo, no setor da mobilidade elétrica. Nesse âmbito, devem ser criadas áreas de grande dimensão e inter-relacionadas, para que a disponibilidade de espaço nas linhas de montagem seja até 2,5 vezes superior à das linhas de corte. Considera-se também positivo que, com a introdução da linha de produção contínua na fábrica chinesa, os tempos de processamento sejam ainda menores e, dessa forma, seja proporcionada uma resposta ainda melhor aos requisitos dos clientes em nível dos prazos de entrega. Com a ampliação bem-sucedida da fábrica, a GROB dá mais um contributo para a consolidação do avanço tecnológico e da sua presença no importante mercado chinês.